Qual é o endereço legal do real?

Quase todos os empreendedores na fase de organização, registro e gestão de seus negócios colidem com o conceito de endereço legal e real. Portanto, seria útil entender esses termos com mais detalhes.

Os conceitos de endereço "legal" e "real". Qual a diferença?

Uma empresa de qualquer forma de propriedade é obrigada a indicar nos documentos de registro a “localização da entidade legal”. É esse endereço que será considerado legal, mesmo que esse conceito não esteja fixado na legislação. É aqui que toda a correspondência virá (inclusive das autoridades de controle), esse endereço também será indicado em todos os relatórios e documentos comerciais. Mas o endereço real é o local específico da empresa.

Idealmente, as coordenadas reais da localização da empresa devem ser especificadas ao registrar a empresa e registrá-la junto às autoridades fiscais. Ou seja, o endereço real = legal. Mas, na prática, a separação desses dois conceitos pode ocorrer por vários fatores:

  • Um empresário novato nem sempre tem fundos para comprar seu próprio prédio ou escritório;
  • Um senhorio pode recusar-se a fornecer um endereço legal;
  • A relutância em mudar o escritório fiscal, no caso de mover a empresa, a expansão do empreendimento.

O que pode ser usado como um endereço legal e quais documentos são necessários para o seu registro

  • Endereço legal adquirido. Nesse caso, um contrato de locação é assinado para determinadas instalações, que é fornecido juntamente com o restante do pacote de documentos para o serviço de registro.
  • Endereço residencial do chefe ou fundador da empresa. Uma fotocópia do passaporte com uma autorização de residência neste endereço ou uma cópia autenticada de documentos confirmando a propriedade do apartamento será necessária.

É importante lembrar que a administração fiscal periodicamente (durante a inspeção no local) verifica a validade dos dados declarados. Portanto, no caso de separação de endereços, você precisa tomar uma série de medidas que minimizarão as conseqüências negativas para a empresa.

Primeiro, use apenas um senhorio verificado. Na prática, os empreendedores enfrentam com frequência o problema dos proprietários de imóveis inescrupulosos que, na busca do lucro, entregam a mesma lei. endereço para vários inquilinos. Como resultado, esse endereço pode ser reconhecido como "massivo" e se recusar a registrar uma entidade comercial. Ou este assunto causará suspeita de supervisionar instâncias e, como resultado, checagem de saída. Você pode visualizar a lista de endereços de registro em massa no recurso oficial da Internet do Serviço Federal de Impostos da Federação Russa. Você também deve se certificar de que o prédio (sala, escritório) está realmente localizado neste endereço, que está concluído e comissionado, e não existe apenas no papel.

Em segundo lugar, cuide de ajustar a mensagem de correio com o endereço legal que você está alugando. É muito importante que toda a correspondência, avisos dos fundos, solicitações de impostos sejam transferidas para você em tempo hábil, uma vez que os documentos do SFT são considerados recebidos após 6 dias da data de seu envio real por correio registrado. Não importa se a correspondência recebida pelo destinatário ou não.

Consequências e penalidades para incompatibilidade de endereço

A incompatibilidade de endereços pode ter consequências extremamente negativas para a organização. Então, se uma empresa é encontrada por autoridades fiscais que seu corpo executivo não está localizado no endereço especificado no registro, então ele enfrenta:

Negação de serviços bancários . De acordo com a legislação atual, as instituições bancárias são obrigadas a identificar as pessoas que recebem serviços. Em particular, estabeleça a localização real da entidade legal que está sendo atendida. Se forem identificadas ações ilegais (inconsistência entre a localização declarada e a localização real), o banco tem o direito de recusar uma entidade legal para abrir uma conta corrente ou bloquear o acesso a sistemas bancários da Internet de clientes existentes.

Liquidação da empresa como uma entidade legal . A autoridade registradora tem o direito de apresentar uma petição ao tribunal arbitral exigindo a liquidação de uma entidade legal no caso em que se estabeleça que a localização real da entidade não coincide com o endereço indicado por ela durante o registro. Preliminarmente, as cartas são enviadas ao diretor e aos fundadores, solicitando que forneçam informações confiáveis ​​sobre a localização da organização dentro de um período especificado. Se a resposta não for fornecida, o caso é transferido para o tribunal.

Reconhecimento do endereço real por uma divisão separada . De acordo com a cláusula segunda do artigo décimo primeiro do Código Tributário da Federação Russa, qualquer subdivisão que não esteja no endereço efetivamente registrado no Registro Estadual Unificado de Pessoas Jurídicas e na qual locais de trabalho fixos estejam equipados pode ser considerada uma subdivisão separada de uma entidade legal. As empresas são obrigadas a informar o escritório fiscal sobre a aparência de tal unidade dentro de um período não superior a um mês a contar da data de sua criação. Independentemente de você trazer ou não esta unidade aos seus documentos constituintes, o tribunal pode decidir sobre a ilegalidade da realização de atividades através de SPs não registradas. Neste caso, você enfrenta uma penalidade de dez por cento da renda recebida durante a realização de atividades ilegais.

Recomendado

Qual é a diferença entre o bem e o bem
2019
O que é melhor escolher Metformina ou Glyukofazh - meios de comparação
2019
Glicose e açúcar de mesa - como eles diferem?
2019