Qual é a diferença entre óleo mineral e óleo sintético?

Para que o carro desenvolva suas características completamente, é necessário selecionar as melhores partes e óleos. Neste caso, surge uma questão de consumidor bastante lógica: “Que tipo de óleo de motor pode ser considerado o melhor e por quê?”. Para uma resposta detalhada a esta questão, é necessário familiarizar-se com os principais tipos de óleos, bem como identificar as características distintivas, vantagens e desvantagens de cada tipo.

Óleo mineral

Este produto é produzido por destilação direta de petróleo . Assim, pode-se dizer com certeza que o óleo mineral é um combustível de origem natural. A este respeito, existem várias vantagens significativas:

Baixo custo, em comparação com produtos sintéticos deste tipo. Existe a escolha de uma ampla gama de aditivos que tornam o trabalho do óleo de motor mineral mais eficiente e de alta qualidade. Convencionalmente, estes tipos de aditivos podem ser divididos em vários tipos principais:

  • Lavando Promover a lavagem completa de todas as impurezas que impedem o trabalho.
  • Anti-corrosivo Permitir prolongar a operação do motor, proteja da influência da umidade excessiva.
  • Anti-desgaste Projetado para ampliar significativamente os recursos básicos de um motor de automóvel, o que aumentará sua vida útil. É a melhor opção para carros com alta quilometragem.

Mas este tipo de óleo é significativamente inferior à sua contraparte sintética, as deficiências significativas dos óleos minerais para motores incluem:

  1. Este óleo não pode ser usado para motores com um alto grau de tensão do trabalho realizado, temperatura muito alta criada pelo motor durante a operação, pode destruir os aditivos.
  2. O óleo natural tem a capacidade de evaporar mais rapidamente do que o sintético, e é por isso que requer uma substituição ou reenchimento mais freqüente.
  3. Este óleo pode não ser adequado para alguns modelos de motores, então você precisa recorrer a profissionais antes de começar a trabalhar.

Óleo sintético

Este tipo de combustível é fabricado em condições de laboratório, o que permite isolar todas as propriedades úteis do produto original, melhorando suas características básicas de desempenho futuro. É isso que explica o alto custo.

As vantagens dos óleos sintéticos incluem:

  • Proteja as peças contra desgaste durante o trabalho pesado. O produto sintético não perde suas propriedades e permite obter cargas muito maiores.
  • Menos risco de dificultar o sedimento. Isto é conseguido devido ao menor teor de impurezas no óleo do motor.
  • O óleo mantém seu alto desempenho, independentemente da temperatura do motor e da temperatura ambiente. De acordo com este indicador, os óleos sintéticos são significativamente superiores ao produto mineral.
  • Não requer substituição frequente.

As desvantagens de tal produto podem ser atribuídas apenas ao seu alto custo; entretanto, esse produto é capaz de recuperar todos os custos que surgem.

Como o óleo de motor mineral é diferente do sintético?

O produto sintético é muito popular, devido às suas propriedades especiais e alta praticidade no uso. O que causa tais discrepâncias em produtos feitos de petróleo? Para fazer isso, é necessário identificar suas principais diferenças:

  1. O óleo mineral é produzido pelo processamento direto de produtos petrolíferos, enquanto o óleo sintético é criado em condições de laboratório.
  2. Com base no primeiro parágrafo, pode-se notar que o produto sintético contém muito menos impurezas. Essa qualidade permite que você tenha certeza de que, quando o motor estiver funcionando, não haverá excesso de poluição dos componentes contidos no óleo.
  3. O óleo mineral pode trazer mais benefícios para um carro com uma maior quilometragem, óleo sintético é principalmente destinado a carros novos, muitos fabricantes aconselham é um produto sintético, além disso, muitas vezes é derramado já na fábrica.
  4. O óleo mineral é dependente de flutuações de temperatura e mal suporta mudanças bruscas de temperatura. Em altas temperaturas, é capaz de evaporar rapidamente, a baixas temperaturas, irá congelar. O produto sintético não é afetado por este efeito e pode suportar quase qualquer efeito de temperatura.

Assim, pode-se entender que a escolha do óleo depende do carro e do seu gosto pessoal. É necessário ter em conta todos os pontos positivos e negativos, a melhor opção seria entrar em contato com os especialistas que dizem a opção mais prática.

Recomendado

Qual é a diferença entre lesão doméstica e industrial?
2019
Certificados para 9 e 11 de classe: descrição e como eles diferem
2019
O que distingue uma bala de um cartucho: os recursos e as diferenças
2019