O que é melhor e mais eficaz vitamina D ou óleo de peixe?

Comida boa e de alta qualidade é garantia de boa saúde. Para fortalecer o sistema imunológico, a fim de melhorar o corpo, muitas pessoas tomam vitaminas . Os médicos geralmente recomendam a ingestão de óleo de peixe ou de vitamina D. Cada um desses componentes alimentares afeta à sua maneira o estado da saúde humana.

Recursos de vitamina D

A vitamina D é um grupo de substâncias ativas biológicas formadas nos tecidos de plantas e animais sob a influência da radiação ultravioleta . Contém produtos lácteos (queijo, manteiga), caviar e até gema de ovo. Os transportadores vegetais da substância benéfica são salsa, urtiga, cavalinha e alfafa.

Com exposição moderada à luz solar, o corpo humano pode produzir independentemente este componente. A deficiência de vitamina afeta negativamente a saúde dos idosos e jovens. Portanto, os especialistas recomendam não só aquecer ao sol, mas também mimar-se com deliciosos alimentos que contêm essa vitamina de alegria. Substância biológica apresentada afeta a condição do corpo da seguinte forma:

  • Reduz o risco de aparecimento e desenvolvimento de diabetes . De acordo com alguns estudos, a ingestão regular de vitamina da infância em 88% reduz a probabilidade de uma lesão grave do corpo no processo de maturação.
  • Restaura as membranas nervosas danificadas . Melhora a pulsação e a regulação da pressão arterial.
  • Melhora o crescimento e desenvolvimento dos ossos . Previne a osteoporose e o raquitismo. Mantém o nível de cálcio e fósforo no plasma sanguíneo.
  • Previne o desenvolvimento de doenças cardiovasculares . A deficiência de vitamina D causa aterosclerose e outras patologias isquêmicas do coração.
  • Participa no tratamento da esclerose múltipla . Diminui a progressão de uma doença perigosa.
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Retarda o desenvolvimento e crescimento de células cancerígenas no corpo humano.
  • Regula a coagulação do sangue . Recomendado para mulheres grávidas. O componente natural tem um efeito positivo no peso do recém-nascido.

A falta de uma substância benéfica no corpo é indicada pela fraqueza do tecido muscular, infecções freqüentes e doenças respiratórias, dores nas articulações e problemas com as unhas.

Os benefícios e danos do óleo de peixe

O óleo de peixe é uma substância útil extraída do fígado de bacalhau (verdinho ou arinca). No produto natural existem muitos ácidos gordos úteis, por exemplo, docosa-hexaenóico e eicosapentaenóico. O famoso componente do corpo humano não é capaz de se desenvolver por conta própria. Você pode obter o nutriente apenas através da comida.

100 gramas de óleo de peixe contém cerca de 900 calorias . Proteínas e carboidratos não estão aqui, apenas ácidos saturados. Disponível na forma de cápsulas de gelatina ou na forma de líquido comum. Médicos recomendam comprar uma substância útil em farmácias.

O óleo de peixe é usado como suplemento dietético . Consumo freqüente do componente de peixe tem um efeito positivo sobre o funcionamento do corpo humano. A delicadeza acessível melhora a função cerebral, fortalece o sistema cardiovascular e imunológico. Diminui o colesterol no sangue e ajuda em situações estressantes.

Produto conhecido deve ser tomado por mulheres grávidas. O óleo de peixe tem um efeito positivo no crescimento e desenvolvimento do feto.

Em alguns casos, tomar óleo de peixe pode prejudicar muito a saúde humana . Você deve ser extremamente cauteloso com problemas de coagulação do sangue. O uso excessivo desta substância perturba o fígado e o funcionamento do trato gastrointestinal. Uma reação alérgica pode ocorrer.

O óleo de peixe é amplamente utilizado em cosmetologia . De um produto natural, crie máscaras especiais para o cuidado do cabelo. Máscaras de óleo de peixe mantêm a pele em bom estado em qualquer idade.

Comparação e sutilezas do uso de substâncias úteis

Vitamina D e óleo de peixe - à primeira vista, diferentes nutrientes têm muito em comum. Os ingredientes alimentares naturais têm um efeito positivo no trabalho do corpo humano e melhoram o funcionamento de muitos mecanismos vitais. Ambos os produtos fortalecem os sistemas cardiovascular e imunológico. Recomendado para mulheres grávidas. O uso excessivo da primeira e da segunda iguaria pode prejudicar seriamente a saúde. Ao mesmo tempo, a falta de nutrientes pode ferir o corpo. Ambos os produtos biológicos são usados ​​ativamente em cosmetologia para melhorar a condição da pele.

Diferenças óbvias são observadas no processo de nascimento de substâncias naturais. A vitamina D é formada nos tecidos de plantas ou animais devido à radiação ultravioleta. O óleo de peixe é um produto valioso, produzido pelo fígado de bacalhau (arinca ou verdinho). Um componente nasce sob a influência de um fator externo, o segundo através de certos processos dentro de um órgão vivo. A vitamina D impede o desenvolvimento de doenças graves e o óleo de peixe melhora significativamente o estado atual do paciente. Comprar óleo de peixe é mais barato do que comprar vitamina D em farmácias domésticas.

A eficácia de um determinado aditivo alimentar depende do estado da saúde humana e das suas necessidades imediatas . Para normalizar a pressão arterial e melhorar o estado mental, os especialistas podem recomendar a vitamina D. Se o sistema cardiovascular não estiver funcionando adequadamente e o nível de colesterol no sangue estiver alto, o paciente receberá o óleo de peixe. É importante prestar atenção ao estado no período de consumo de uma substância útil. Se piorar, há um mal-estar ou reações alérgicas, é melhor parar de tomar vitaminas.

Recomendado

Gráficos raster e vetoriais - como eles diferem?
2019
Amd Ryzen 5 ou Intel Core i5: uma comparação de processadores e qual é melhor
2019
"Tsikloferon" ou "Izoprinozin": as diferenças de meios e o que é melhor
2019