Heptral ou Essentiale Forte: como eles diferem e o que é melhor escolher?

No tratamento de doenças do fígado, vários tipos de drogas são usados, cada um dos quais tem certas vantagens e desvantagens. Muitas vezes, nesses casos, é necessário comparar suas propriedades e características para fazer a escolha certa em uma situação particular.

Heptral e Essentiale Forte são duas drogas populares usadas em várias patologias do fígado. Para responder a pergunta qual deles é melhor, suas propriedades e características farmacológicas devem ser consideradas em detalhe.

Heptral - informação geral

O Heptral é um medicamento hepatoprotetor com atividade antidepressiva. Seu ingrediente ativo é ademetionine, que exibe os seguintes efeitos farmacológicos:

  • Desintoxicação.
  • Regenerativo
  • Hepatoprotetor
  • Antioxidante
  • Colerético.
  • Antiespasmódico.
  • Antidepressivo
  • Neuroprotetor.
  • Metabólico
  • Antifibrinolítico.

Devido à amplitude do espectro de atividade, esta ferramenta é usada em uma variedade de patologias do fígado e do trato biliar - hepatite, cirrose, condições precirróticas, colecistite, colangite, degeneração gordurosa e dano tóxico ao fígado. Também é usado como antidepressivo - em várias síndromes de depressão e abstinência (álcool, drogas, etc.).

Contra-indicações ligeiramente para Heptral: gravidez, lactação, alérgica à substância activa, idade até aos 18 anos. Possíveis efeitos colaterais: azia, náuseas, distúrbios do trato digestivo, distúrbios do sono, reações alérgicas.

Essentiale Forte - informações gerais

Essentiale Forte é um daqueles medicamentos que são prescritos com muita frequência para pacientes com doenças hepáticas. Consiste em fosfolipídios essenciais, restaurando a estrutura e a função normais do fígado. É prescrito para hepatite, fibrose, cirrose, condições precirróticas, lesões tóxicas e degeneração gordurosa do fígado e hepatosis.

Essentiale Forte apresenta os seguintes efeitos terapêuticos no tecido hepático:

  • Regenerativo
  • Desintoxicação.
  • Hepatoprotetor
  • Antioxidante
  • Metabólico
  • Anti-inflamatório.
  • Antifibrótico
  • Anti-cirrótico.

Esta droga quase não tem efeitos colaterais e contra-indicações: somente em casos raros, podem ocorrer reações alérgicas ou distúrbios do trato digestivo. Seu uso não é recomendado em crianças menores de 12 anos devido ao conhecimento insuficiente. Você pode usar durante a amamentação, bem como (sob a supervisão de um médico) durante a gravidez.

O que as duas drogas têm em comum?

É fácil ver que a Heptral e a Essentiale Forte possuem várias propriedades comuns entre si. Ambos apresentam efeitos hepatoprotetores, desintoxicantes, antioxidantes, regenerativos, metabólicos. A gama de indicações para uso também tem muito em comum: isso inclui hepatite, cirrose, condições pré-cirróticas, danos tóxicos e outros danos ao fígado.

Diferenças entre Heptral e Essentiale Forte

Juntamente com as semelhanças listadas, deve-se notar que estas drogas não são análogos medicinais - elas têm muitas diferenças significativas.

A principal diferença entre essas duas ferramentas está nos mecanismos de sua ação. Heptral restaura a deficiência de ademetionine no corpo, que é um componente importante para a síntese de muitos compostos biologicamente ativos. Ao mesmo tempo, a produção da mesma substância (ademetionin) é estimulada no próprio corpo: no fígado e no sistema nervoso central. Isso causa um efeito positivo da droga no tecido do fígado, bem como efeitos antidepressivos e neuroprotetores.

Quanto ao Essentiale forte, os fosfolipídios que compõem a preparação são incorporados às estruturas danificadas das células do fígado, garantindo sua regeneração. Além disso, têm impacto nos processos metabólicos, agindo como os fosfolipídios endógenos do corpo humano e excedendo significativamente sua atividade.

Um peculiar "bônus" característico é o fato de que os fosfolipídios essenciais têm um efeito positivo sobre a condição da pele, cabelos e unhas. Para este fim, tais ferramentas não são apenas tomadas oralmente, mas até mesmo às vezes usadas para a preparação de várias máscaras.

Se compararmos o efeito terapêutico no tecido hepático, então no Heptral ele é mais pronunciado e se manifesta mais rápido. Além disso, devido à presença de efeitos antiespasmódicos e coleréticos, pode ser usado para doenças da vesícula biliar e vias biliares.

Ao mesmo tempo, uma importante vantagem do Essentiale Forte é a quase completa ausência de efeitos colaterais e contra-indicações, o que amplia consideravelmente as possibilidades de sua nomeação em determinadas situações.

Qual droga em quais casos é melhor usar

Diante de tudo isso, podemos concluir que cada um desses dois medicamentos tem suas próprias vantagens e desvantagens. Definitivamente, seria irracional do ponto de vista prático dar preferência a um ou outro meio.

Heptral é preferido nos seguintes casos:

  1. Se você quiser obter um efeito terapêutico rápido e pronunciado.
  2. Se, juntamente com uma doença do fígado, houver patologias concomitantes do trato biliar (colecistite, colangite, etc.).
  3. Se a doença do fígado é acompanhada por depressão e deterioração do humor (isso acontece com bastante frequência e, portanto, a expressão “homem bilioso” entrou em uso).
  4. Quando alcoólico e dano de fígado narcótico, que, por via de regra, se acompanha por sintomas neurológicos.

Por sua vez, o Essentiale forte é preferido nas seguintes situações:

  • Em mulheres grávidas e lactantes.
  • Na idade de 12-18 anos (estudos clínicos sobre o uso em crianças com menos de 12 anos de idade são insuficientes).
  • Se houver patologias concomitantes da pele, cabelos ou unhas.
  • Com uma forma leve de fígado gordo.
  • Quando usado para fins profiláticos.

Finalmente, deve observar-se que na maioria esmagadora de casos não há obstáculos ao uso simultâneo de Heptral e Essentiale forte. Como esses fármacos possuem diferentes mecanismos de ação, seu uso conjunto pode aumentar significativamente o efeito terapêutico, ajudando a alcançar o melhor resultado no tratamento da maioria das doenças do fígado.

Recomendado

Qual é a diferença entre o ensino secundário especializado e o ensino profissional secundário?
2019
Vitrum Prenatal e Elevit: uma comparação e o que é melhor
2019
"Supraks" ou "Ceftriaxona": qual a diferença e o que é melhor
2019